quarta-feira, julho 18, 2007

As coisas simples da vida...um pequeno inventário





Um pedaço de mim num dia sonharengo


Adoro:


rebentar bolas de sabão na banheira com os dedos dos pés


Piri-piri, caril, açafrão, incenso, queimador de óleos, reiki


Ouvir tocar jambé, viola, violoncelo, crescendos de violinos

Sol, Chuva, Granizo e Nevoeiro


Rir às gargalhadas até me doer a barriga


Rebentar a minha barragem interior e chorar horas a fio


Abraçar e sentir a energia do(a) outro(a)


Ler um bom livro e ficar a pairar na sua mensagem


Ouvir um bom cd e viajar no espaço e no tempo


Sentir pestanas na minha pele


O cheiro a Canela


Ver um bom filme que me deixa sem conseguir falar


Aprender na simplicidade do(s) outros e reinventar-me todos os dias com poesia


Sair do teatro cheia de energia e vontade de fazer o pino em pleno passeio


Viajar, contactar com outras culturas e aprender a ser mais tolerante


Dançar sozinha em casa até cair pró lado


Escrever e receber cartas....tenho que recultivar este hábito porque a preguiça às vezes é mais do que muita


Uma verdade nua e crua do que uma ilusão bem embrulhada


Os meus amigos, que estão lá sempre e que muito me ensinam e partilham


Respeitar a liberdade dos outros e a minha liberdade


Receber amigos em casa e organizar festas temáticas


Auto-estradas com poucos carros, o sol e o vento na face e sentir que a viagem não termina- que irei a conduzir até ao fim do mundo com um sorriso na face


Ser conduzida por quem conquista a minha confiança e me faz rodopiar no espaço com a leveza de uma borboleta


Adoro deslocar de avião, conversar de passagem nos comboios, dormir no embalo dos barcos, cantar muito alto no carro


Tocar com a magia das fadas e o riso de África a vida, os outros e sentir o eco de espalhar a magia


Andar a pé e ouvir as minhas musiquitas do mp3



Ver os meus amigos brilharem, crescerem, estarem muito felizes

Fazer anos e preparar com muito carinho esse ritual de passagem

Rituais, surpresas sejam dirigidas a mim ou preparar para outras pessoas
Escrever contos eróticos e profundamente "lamechas" e amorosos

Um bom vinho tinto...











Detesto:


Ser ansiosa e ser impaciente


Agressividade física seja em filmes, telejornal ou no passeio ao meu lado


Manipulação e falta de carácter


Moelas, Tripas, Figado e Canja


Heavy Metal ,Música Gótica e Raves


Falta de bondade e excesso de egocentrismo


Os dias em que gosto menos de mim


Um livro, um filme, uma música sem qualidade


Vulgaridade e falta de bom senso e subtileza


Que me emparedem, me deixem sem espaço para respirar


Estradas nacionais com camiões que me fazem medo e ultrapassagem que me põem o coração a 1400 kms/hora


Aterrar de avião e ficar a sentir me pequenina enquanto espero o som do trem de aterragem a poisar no chão


Falar sobre a vida dos outros numa perspectiva pequenina e voyerista


Quando a preguiça me impede de escrever, ler e sair da minha conchinha


Vento, Vendaval e Ventinho

Vodka, absinto e shots


Hoje apeteceu-me criar um inventário. Brincar aos espreita janela de mim mesma. Deixo-vos o desafio, se vos apetecer, de perderem uns minutinhos e deixarem aqui o vosso inventário.

10 comentários:

ALF O Extasiado disse...

que lindo morgana.
Esplêndido.

Coisas simples que nos enchem de muita felicidade.
Perfeito.

Adorei.

beijos

volte sempre viu.
Leve o encanto da sua presença aos meus blogs.

=]

Reflexos da Alma disse...

Minha Querida Marisa !!!

Só te posso dizer que te Adoro, porque pelo que vejo de ti, és uma Mulher muito, muito ESPECIAL !!!!

Um Beijo Grande te deixo minha Querida !!!!

Paulo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
APC disse...

Quero dizer-te que cheguei ao final dos teus gostos e só consegui pensar: Perfeito! Eu subscreveria tanta coisa, que elencar algumas torna-se pequeno, por entre risos e lágrimas, toques e especiarias, o dançar sozinha até à exautão, o poder da verdade (chega a ser afrodisíaco, costumo dizer), a liberdade e a surpresa, o abdicar do comando e permitir-me ser conduzida por quem seja capaz, o trazer África comigo, e as letras...

Um grande abraço e boas férias! :-)

jguerra disse...

LOL... temos algumas coisas em comum. Abraço

Anónimo disse...

óh miuda ! Acho que há duas coisas que adoras e te esqueceste. Permites-me a provocação ?
Uma - não sei como se escreve - é patchuariname !
A outra, é uma boa conversa seja a que horas for ! :-)

Kiss, kiss, kiss ! ;-)

Anónimo disse...

óh miuda ! Acho que há duas coisas que adoras e te esqueceste. Permites-me ?
Uma - não sei como se escreve - é patchuariname !
A outra é, uma boa conversa independentemente da hora e local onde nos encontramos.
Kiss, kiss, kiss... :-)

fbo911 disse...

bem...
deste inventario vou retirar algumas das koisas pa incluir no meu....
Mto bom, realmente ha koisas k a gente nem da fe passarem e sao tao boas e outras tao más.... Mas a realidade da vida tem sido esta... Mas adorei... ;)...
Jito.

kok@s disse...

Espectacular este post!
Tanta simplicidade junta!
Porque a vida é simples, nós é que a complicamos.**
beijinhuh

RC disse...

"Rebentar a minha barragem interior e chorar horas a fio"


Brilhante!