terça-feira, junho 17, 2008

CHEGOU...RISOS...

















SOU MAIS ANSIOSA QUE OS PRÓPRIOS MIÚDOS NO MEU DIA DE ANOS...
ADORO RITUAIS E NESTE, É BOM SENTIR QUE CADA ANO NOS REVELA NOVOS DESAFIOS, NOVAS CONQUISTAS, NOVOS HORIZONTES...
SE ME APARECESSE UMA FADA SININHO EU PEDIA-LHE:

PARA NUNCA PERDER O MEU LADO AMÉLIE,

PARA PROCURAR TRASNCENDER-ME TODOS OS DIAS

PARA NUNCA PERDER A FÉ NAS FADAS E NA MAGIA QUE MUDA TODOS OS DIAS

HOJE OS BEIJINHOS SÃO TODOS PARA MIM! LEVO OS MEUS AMIGOS QUE ESTÃO SEMPRE A SALTITAR DE CARRUAGEM EM CARRUAGEM MAS ESTÃO LÁ

7 comentários:

Maruca com L disse...

Vim fazer-te uma visita e encontrei-te assim, linda e menina. Deixo-te um desejo egoísta: que estejas sempre por aí para continuares a tirar de mim aquela risada de que tantas saudades tenho, mas que agora, só contigo conseguiram sair. Obrigada e um grande beijinho

Anónimo disse...

Olá «mimos e cócegas»: igual a si, diferente de si pela má focagem da foto (ao vivo é mais como o cavaleiro andante de Pessoa, no feminino, e não desfigurada); igual a si, pela ternura de ser e de se expor, sempre e para sempre, o prazer do reencontro. Para quando os seus contos, também aqui???
Um abraço, Amelie.

Rui Braga disse...

Gosto de tactear as tuas palavras...
Gosto de as rodar na mão apreciando o seu lapidar...
Gosto de como elas refractam significados em outros mais significados, prismas e prismas deles...
Gosto de tenhas um coração tão grande que te sai, não pela boca. mas pelo ponta dos dedos...
Gosto de ti porra!
Feliz aniversário!

sandra disse...

Olà Marisa,

Gosto imenso da tua filosofia de vida. Acho o teu blogue à tua imagem : colorido, interessante e cheio de espirito.
Enfim, continua a alimeta-lo de fotos e comentarios.
Beijinhos grandes,
Os teus amigos de Paris : Sandra & Olivier

Jota disse...

Vim cá de fugida, que as saudades são muitas, mas o tempo foge-me das mãos como areia!

e neste momento existem Paredes e o Tejo entre nós...

Acho que estás por cá, neste blog, mas o melhor de ti, só mesmo a animar uma imensa minoria, em presença.

Carpe diem

Um abraço do João Pedro

Anónimo disse...

Parabêns querida amiga:

Por onde passas deixas o teu rasto de luz
És a aproximação mais nitida que conheço do que é ser fada
Chamuscam-te as asas e tu persistes sempre em voar.
Bem hajas!!!!
Beijos

Quim

Anónimo disse...

Parabêns menina atrasados!!!!:(
Mas pelo que te conheço deves ter tido uma semana de arrombra, sempre em festa. Não conhece ninguém que goste tanto de fazer anos como tu.

Bjs avulso das gaivotas

Afonso