sábado, novembro 15, 2008

Intuição/ Informação; Força de Vontade / Capacidade; Inspiração/ Conhecimento


" Nós não recebemos sabedoria; temos de a descobrir por nós próprios após uma jornada que ninguém pode empreender por nós ou poupar-nos a ela " Marcel Proust


"O destino final da nossa vida é a sabedoria. A sabedoria é o mais alto e profundo grau de conhecimento, visão e compreensão. Providencia-nos uma perspectiva mais vasta da vida, do seu propósito e das lições que aprendemos ao longo do tempo. Quando encontramos a sabedoria, passamos a viver na claridade.


A sabedoria não é um estado a realizar, mas antes um estado a recordar. Chegamos a este planeta totalmente equipados com sabedoria sem fronteiras inerentes a todos os humanos. Somos tão sábios como o Buda, Aristóteles ou Confúcio - simplesmente eles tiveram acesso a lugares dentro deles onde nós talvez ainda não viajamos.


Sabedoria não é inteligência. Não está relacionada com QI ou classificações académicas. A sabedoria é o mais alto nível de evolução emocional, espiritual e mental, no qual damos tanto valor à intuição como à informação, à força de vontade como à capacidade e à inspiração como ao conhecimento. Sincronizamos energéticamente a nossa compreensão mais profunda com as acções do dia a dia.


O caminho mais directo para a nossa sabedoria está pavimentado com as lições da nossa vida. Ao aprendermos as lições que nos são apresentadas diariamente , aproximamo-nos continuamente do alinhamento com o que Emerson chamou de " super alma" e Carl Jung " o inconsciente colectivo". Estas são as forças universais que nos mantêm coesos e ligam cada um de nós à fonte sem fundo da sabedoria.


A verdadeira beleza da sabedoria é que, uma vez recordada, ficamos inspirados para a partilha com os outros. Lembramo-nos da lição da abundância: como o amor- quanto mais oferecemos mais recebemos. Aqueles que são célebres pela sua sabedoria são aqueles que a partilharam livremente para ajudar os outros a crescer"


Se a Vida é um Jogo estas são as regras - Chérie Carter- Scott, Sinais de Fogo

5 comentários:

Anónimo disse...

Gostei acima de tudo de :
"...Aqueles que são célebres pela sua sabedoria são aqueles que a partilharam livremente para ajudar os outros a crescer"
Um abraço
João

Anónimo disse...

Adorei este texto. Beijinhos amiga
Sofia

Anónimo disse...

Sempre que venho cá o tédio nunca está !!! Sempre a criar e a descobrir.Miúda és demais!
bjs
Teresa

Anónimo disse...

Gostei do texto.Para grande pensa minha o livro está esgotado.
Beijocas
Carla

Maruca com L disse...

Lembras-te do filme sobre marcel proust que fomos ver com o teu pai? Lembro-me sempre daquela passagem da colher a mexer o cha para a roda do comboio!!!! eheh
Beijo