domingo, abril 08, 2007

Um golpe de sorte













A vida às vezes é assim: bafeja-nos com livros
que são um verdadeiro achado e que nos abrem a
alma com luz, sabedoria e vontade avassaladora
de sermos cada vez mais iguais a nós próprios...


O Título é poderoso e de riso fácil, o conteúdo delicioso...



A Rainha que mandou à fava o cavaleiro de Armadura Oxidada

" Infelizmente há pessoas que acendem faíscas atrás de faíscas, mas nunca provocam a chama. Porquê? Simplesmente porque gostam do efeito faísca, procuram adrenalina que ela produz, pois fá-las esquecer por um momento a sua realidade interior - vazio, solidão, pânico de amar, medo do abandono, medo de que deixem de ser amadas, desvalorização. Enquanto estiverem sob o efeito da droga que é a adrenalina, estas pessoas ficarão viciadas nas faíscas iniciais das relações, pois é uma droga que tem um efeito potente. Uma vez passado o efeito-faísca, vão querer mais. E, regra geral, isso não costuma dar-se outra vez com a mesma pessoa, mas com alguém desconhecido, a quem não estão ligadas por qualquer laço afectivo e com quem possa surgir uma nova faísca. Sem laços afectivos não há compromisso, e sem compromisso não há medo."


Partilho com vocês só este pedacinho mas a mim este livro que li em 2 horas encheu me a alma de confetis, aro-iris e bolas de sabão. Fui um sopro de alma muito poderoso.Bem haja

Forner, Rosetta - A Rainha que mandou à Fava o Cavaleiro de Aramadura Oxidada-2005, pag.181, Editora Pergaminho




3 comentários:

vilas.maia disse...

As drogas não devem ser ministradas para apenas amar, mas sim para amar ainda mais. Claro que o ideal é a cumplicidade ser autosuficiente par abastecer essa ambição, mas também nem sempre as pessoas entram num relacionamento completamente descomprometidas com o passado, podendo assim ser livres de amar de outra forma, de outro modo, reconhecendo que quem tem à frente é outro e não o mesmo de todas as vezes que se achou apaixonada.

C. disse...

Nada é por acaso...
Adoro-te!!
Um Xi gande recheado com muita Luz

Cleopatra disse...

BOA ESCOLHA
Adoro o texto. Tem tanto de verdade de vida que vou pedir para me deixar colocar no Blog
POSSO???
Obrigada
Apareça sempre!!

Sabe... há por aí muita rainha!
E muito cavaleiro de armadura oxidada!
Oh se há!!!