quinta-feira, março 29, 2007

A morte

Lido mal com a morte ainda que saiba que é o fim de mais um ciclo. Lido pior com os rituais do que com o fim em si. Todas as velas, a terra, o silêncio cortado por temas absurdos fazem me mal. Gostaria que os vivenciassemos com silêncio, com sobriedade.Enfim, diferente do que impera na nossa cultura.
A todos os que estiveram ao meu lado em mente e em presença comigo neste últimos dias dificéis o meu sincero Obrigado. Ajudaram me em força a passar por este caminho de perda, com muito colinho à distância. Agora é o tempo a passar e a curar tudo.

Marisa

2 comentários:

António Gil disse...

Não creio que a morte exista,por estar convicto que o corpo é uma mera roupagem material da alma etérea,mas partilho contigo que o momento triste da despedida de entes queridos poderia ser vivenciado de forma menos culturalmente desoladora...abraço amigo Marisa..

borbolettta disse...

....